Soneto para Dry


E perdido em seus seus olhos - tão brilhantes,
Eu brinquei de tocar seu lindo rosto,
Degustando em cada toque este seu gosto,
Seduzindo em mil gestos provocantes.

E você, como fosse combinado,
Sem querer arranhou as minhas costas,
Sussurrando me deu dez mil respostas
Daquilo que eu nem tinha perguntado.

Tanto amor e desejo encontramos,
Que o plural se perdeu pr'o singular,
E o acaso ajudou o que estava escrito.

Ter você ao meu lado muitos anos,
E a vontade de mais, e mais te amar,
E te amar para além do que é infinito!

#byLupo 280520121618

2 comentários:

Adriana Vianna disse...

Amor sem medida!

Vida minha.

Néia disse...

Oi Lupo...
Lindo este soneto que mostra toda a sua sensibilidade em falar d amor.Tenha um ótimo domingo e início de semana.

Postar um comentário

Olá. Obrigado por comentar meu texto. Se deixar o endereço do seu site / blog, eu retribuirei sua visita com prazer.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...